quinta-feira, 24 de setembro de 2015

Comparação Dimensional: Mercúrio Emo ou Mercúrio com Vitiligo?

OBS: Sem imagens ou GIFS porque aqui bugou e não consegui colocar.

Nos cinemas, Mercúrio foi interpretado em dois universos diferentes, por atores diferentes, e são dois personagens diferentes de fato. Porém aí vem a questão: Qual é o melhor? Essa é uma questão bastante debatida entre os fãs do personagem Pietro Maximoff (Ou Peter, no universo da Fox). Então, vamos para a comparação:



Peter Maximoff:
 Em 2014, o filme X-Men: Dias de um Futuro Esquecido estrelou Evan Peters como o primeiro ator a interpretar Mercúrio dos cinemas, um mutante com os poderes de se mover a velocidades acima da barreira do som. No filme, Xavier e Wolverine recorrem á ajuda do velocista, que em sua adolescência se mostra muito hiperativo e procura adrenalina e emoções sempre que possível. O personagem demonstrou ser muito interessante para a trama, trazendo alguns momentos cômicos e tiradinhas, além de uma cena que faz o outro Mercúrio ficar de recalque. Infelizmente, rapidamente o personagem foi descartado do filme, e voltou para sua casa depois de retirar o Magneto do pentágono. O visual do personagem foi uma coisa que desagradou muita gente, e ao mesmo tempo também agradou muita gente também, pelo seu estilo meio emo e a peruca branca. Os poderes muito exagerados de Peter trouxeram muitas críticas e elogios, e ele aparece sendo bem poderoso, de fato.

Pietro Maximoff:
 Em 2015, o filme Vingadores: A Era de Ultron estrelou Aaron Taylor-Johnson como Pietro Maximoff, o verdadeiro nome de Mercúrio nos quadrinhos. No filme, o personagem se une a Ultron como meio de ter a vingança contra Tony Stark, o engenheiro da bomba que destruiu sua casa e matou sua família, deixando apenas ele e Wanda Maximoff vivos. Juntos, eles foram até um laboratório de pesquisas russo e se voluntariaram para ser cobaias de um experimento que prometia aprimorar humanos e dar a eles super poderes. Eles sofreram muito, mas valeu a pena, Pietro recebeu a Super Velocidade, e Wanda recebeu poderes mágicos, telecinéticos e hipnóticos. No meio do filme, os dois percebem que estão fazendo besteira e deixam de ser manipulados por Ultron, unindo-se aos Vingadores para combate-lo. Pietro faz boas cenas enquanto participa, vencendo Capitão América e Gavião Arqueiro em combate, diferente de Peter, que apenas derrotou policiais humanos, mostrando capacidades extraordinárias de raciocínio, esquiva e agilidade em combate. Quando tudo parece bem, na batalha final, Pietro começa a se esgotar e entra em exaustão, porém em uma última explosão de adrenalina(última mesmo) ele corre em direção a seu trágico destino, salvando o Gavião Arqueiro e um garoto de serem massacrados por tiros disparados por um caça. Em seus últimos suspiros de orgulho, ele olha para o Gavião e recita seu bordão: -Não me viu chegando?-. Pietro foi um bom personagem, apesar de ser duramente criticado por seu vestuário terrível da Adidas do início do filme e seus poderes enfraquecidos com relação a Peter. O personagem aparenta sofrer da doença chamada Vitiligo, pois apresenta cabelo na coloração branca, enquanto sua barba é preta. Apesar de representar bem o Mercúrio no filme, ele foi muito criticado pelo fato de não ser um Mutante e apresentar origens diferentes da do personagem nas HQs, que é filho de Magneto e tem um passado completamente diferente.

Comparações:
Vantagens de Peter:
1: O personagem é um Mutante, apresenta um passado mais parecido com o das HQs.
2: Peter continuará nos filmes, estando presente no filme X-Men: Apocalipse, onde os produtores prometeram que ele terá grande participação, do início ao fim do filme.
3: Convenhamos, a cena mais foda do filme inteiro é desse personagem. Na cena, Peter corre por uma cozinha enquanto cinco policiais disparam suas armas em direção a Magneto e Xavier. Tudo fica em câmera lenta enquanto uma música toca e o velocista derrota todos os policiais de maneira divertida e criativa, e depois desvia as balas de sua trajetória com os dedos.
4: Seu parentesco com Magneto foi confirmado, e a relação entre os dois deve ser explorada no novo filme da franquia.
5: Além de trazer um ar mais cômico e ter uma personalidade mais divertida, Peter ainda tem bom gosto musical, vestindo uma camiseta do Pink Floyd com a capa do álbum Darkside of the Moon, que também é ótimo.

Vantagens de Pietro:
1: Pietro tem os poderes mais realistas, deixando um ar de mortalidade e perigo o filme inteiro, chegando a seu ápice no final, onde parece que se o personagem errar um golpe ele será derrotado, além de estar exausto pelo uso dos poderes.
2: O personagem apresenta laços muito fortes com a irmã, o que não acontece com Peter, já que Wanda não aparece em X-Men.
3: Apesar de não parecer muito, o Mercúrio desse filme apresenta uma personalidade mais próxima (Não muito mais... Mas ainda assim é mais) do Mercúrio das HQs, que é arrogante, irônico e cabeça quente.
4: Apesar de não apresentar uma cena tão boa quanto a de Peter, Pietro possui várias cenas divertidas, como a que ele tenta pegar o martelo do Thor e voa para trás, e a cena em que ele tira as pessoas da frente do ônibus enquanto ele passa, usando sua velocidade.
5: Apesar do figurino terrível do início do filme, no final do filme a coisa fica bem mais interessante. Pietro possui um uniforme de Super Herói que é ótimo, além de representar bem o personagem.


Conclusões: Os dois personagens são bons, porém para gostos diferentes. Eu particularmente prefiro o da Fox, porém o Mestre por exemplo prefere o do Vingadores, por ele ser mais realista. Mesmo assim, os dois personagens continuam sendo bons e tendo suas vantagens, então peguem a pipoca, liguem a TV e sejam felizes amiguinhos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário